terça-feira, 24 de março de 2015

NADA MUDA SE VOCÊ NÃO MUDAR PRIMEIRO

Via Pinterest

Você quer que o novo mês traga consigo boas notícias, novas oportunidades, amigos mais fiéis, filas de banco menores, mais convites para ir à praia ou menos calor para que possa tomar um chocolate quente debaixo do cobertor, ao lado de alguém que também virá no ‘pacote’ – você acredita.

A cada folha arrancada do calendário, você espera que suas tristezas e medos sejam arrancados junto, e que levem consigo a preguiça de cumprir as promessas de correr todos os dias, começar aquela aula de pintura, visitar mais a família.

Sua esperança é que o mês que chega seja bom, que carregue mudanças até a porta da sua casa, que te pegue no colo e te leve até onde você quer estar. Mas há um detalhe do qual você se esquece, moça. Nada acontece se você não se mover. Um corpo em repouso tende a continuar em repouso, e mesmo que eventos exteriores te impulsionem, de nada adianta se você não continuar se movendo por vontade própria.

Você precisa escrever palavras novas nas folhas em branco com as quais a vida de presenteia. Este é o único e maior presente que o novo dia te dá: a oportunidade de fazer tudo do jeito que você quiser. E não existem regras gramaticais ou exigências: é permitido errar, rasurar, e sua letra não precisa ser redonda.Você só tem que ter em mente que não tem que cometer sempre os mesmos erros se eles te fazem retroceder, ou pode até errar sempre as mesmas coisas, se isso te faz feliz. Você só não pode esperar que as palavras sejam escritas por conta própria, ou que as folhas já venham preenchidas, ou, ainda, que mesmo escrevendo as mesmas coisas em todas as páginas, por um milagre a história se modifique.

Moça, nada muda se você não mudar primeiro. Nada se renova se você insiste em se agarrar ao velho. Coisas novas não farão morada em sua vida se você não joga fora as velhas, porque simplesmente não há espaço. É necessário que você faça uma faxina e lance fora tudo o que te impede de ser realmente feliz. Olhe as borboletas: elas abrem mão do que são e passam por uma mudança lenta, talvez dolorosa, para que, então, possam voar.

26 comentários:

  1. A ideia de friozinho já está por perto, felizmente ♥ Concordo com cada palavra. Se quer, tem que correr atrás, sem se dar por vencido. Tem que levantar e seguir um caminho, mesmo que seja trabalhoso. Quem me dera poder voar. Adorei o texto ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm, amo friozinho pra ficar debaixo do cobertor! Obrigada! Beijos da Bru <3

      Excluir
  2. Oi, que texto maravilhoso, de verdade. Me lembrou a conversa que tive com a minha namorada ontem (DR básica) huehueh Até mostrei a ela.
    Seguindo. =D

    http://fstefen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Felipe, gratidão! Seja sempre bem-vindo!
      Beijos da Bru <3

      Excluir
  3. Lindo texto! As vezes só queremos que a vida mude, que siga um novo rumo, e fazemos muito pouco para que isso aconteça. Nos acomodamos em nossas pequenas conquistas, e esperamos que algo além de nós nos dê o que tanto queremos. Seu texto ficou maravilhoso, e e de se refletir. Beijos
    Desfocando Ideias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Natalia. O grande agravante às vezes é nosso comodismo.
      Obrigada, viu? Beijos da Bru <3

      Excluir
  4. Muito lindo, super me identifiquem com esse texto. Nao da pra esperar as coisas mudarem do dia pra noite, a felicidade não vem de uma hora pra outra, eu preciso fazer algo para que isso aconteça. Sou aaixonada pelo seu blog, pelo seus textos ����

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!!! Sim, a gente tem que tomar a frente da nossa vida!
      Não há outra palavra a não ser felicidade pra descrever o que sinto por saber que meu texto toca as pessoas.
      Beijosss <3 <3

      Excluir
  5. Parabéns minha filha!

    ResponderExcluir
  6. Muito bonito seu texto!!
    Isso de mudarmos primeiro por dentro é tão verdadeiro <3

    www.chaeamor.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Camila! É verdade.
      Beijos da Bru <3

      Excluir
  7. Muito bonito seu texto!!
    Isso de mudarmos primeiro por dentro é tão verdadeiro <3

    www.chaeamor.com

    ResponderExcluir
  8. Muito verdade o que tu escreveu <3 fico triste quando vejo alguém se deixando levar por pensamentos preguiçosos ou negativos. Mas isso é um exercício continuo, cada um tem seu tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É algo que temos que treinar todos os dias, né? Sair da zona de conforto é difícil...

      Excluir
  9. Bru fiz isso esses dias, e as coisas melhoraram mto!
    Reclamar só não adianta, temos que aprender a lidar com o que temos em mãos e fazer o melhor daquilo.
    Eu adorei seu texto e serve de reflexão para vida toda! Parabéns!

    Peripécias By Nay | http://peripeciasbynay.blogspot.com.br
    Bjoos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que bom, Nay! É isso aí, a gente tem que levantar e fazer, porque as coisas não serão feitas sozinhas.
      Obrigada, viu?
      Beijos da Bru <3

      Excluir
  10. Lindo nega,amei. Tia Deinha.

    ResponderExcluir
  11. Ótimo texto Bruna, realmente as pessoas querem que a vida mude mas não levantam a bunda da cadeira para fazer essa mudança. Como diz a frase: "seja a mudança que você quer ver no mundo" e para isso é preciso sair da zona de conforto! :D

    Meninices da Vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Temos que ser agentes de mudança, começando pela nossa própria vida!
      Que honra você por aqui :)
      Beijos! <3

      Excluir
  12. Lindo texto, Bru! E é verdade, viu? Conheço tantas pessoas (e eu me incluo nisso) que esperam que as coisas caiam do céu, sem o minimo esforço. Tudo exige luta, força de vontade, garra!
    Texto ótimo, como sempre. Um beijo! 48janeiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nath, sua linda!
      Também me incluo nesse grupo, infelizmente. Esse texto é principalmente pra mim, que sempre desejo o novo me agarrando ao velho :/
      Beijos da Bru <3

      Excluir

Deixe aqui sua opinião, críticas construtivas, ideias, etc! Vou adorar ler cada comentário! <3